segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Sete regras simples para a vida na clandestinidade

I’m Not There (Não Estou Lá). Um filme sobre a vida e obra de (um músico que sou fã) Bob Dylan, onde seis personagens encarnam diferentes fases de sua vida, numa mistura de mito e realidade. Quer uma discussão mais aprofundada? Está aqui.

Minha cena vai para um dos diálogos de Dylan com o público. Como viver na clandestinidade? Quais outros homens nesse mundo tiveram a ousadia de representar tantos personagens em vida?



De fato, “não há como ser criativo sem correr riscos na vida”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário