domingo, 11 de setembro de 2011

Seria ótimo se você pudesse... ser meu amigo

Mary e Max, Uma Amizade Diferente (como acrescentam nossos tradutores): um filme onde personagens feitos de argila conseguem transpor para a tela seus dilemas mais profundos e se tornarem tão humanos quanto os personagens da vida real. Inspirada em fatos reais, a animação conta a história de Mary Daisy Dinkle, uma australiana de 8 anos, filha de mãe alcoólatra e pai ausente, que, em busca de amizade, começa a se corresponder, ao acaso, com Max Jerry Horowitz, um nova-iorquino de 44 anos, judeu-ateu, solitário, obeso e que sofre de um tipo especial de autismo.     

Uma história sobre solidão, medos, dificuldade de interação social, bullying, síndrome de Asperger, amor, aceitação, confiança, depressão, perdão e amizade. Meu corte vai para a primeira troca de correspondências, o início da inesperada amizade:




2 comentários:

  1. O blog é muito bom e eu gostaria que os donos do site colocassem filmes de stanley kubrick no mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada! Logo logo teremos cenas do Kubrick aqui...

    ResponderExcluir